terça-feira, 28 de setembro de 2010

"Bem-aventuranças do Poder"

Foto: "Bem Aventurados", de Iris

Outros Autores

Bem-aventuranças do Poder

Frei Betto


“Bem-aventurados os que governam para que todos tenham pão, paz e prazer, e
transmutam antigas estruturas na multiplicação da fartura;

Bem-aventurados os que governam com o coração, livres de maquiavelismos e
macabras intenções, servidores públicos de anseios, direitos e utopias;

Bem-aventurados os que governam sob a arte de saber ouvir e assinam
decretos e decisões sem tingir o papel de sangue;

Bem-aventurados os que governam conspirando a favor da maioria,
sonegando aos poderosos privilégios e honrarias;

Bem-aventurados os que governam para o bem comum, indiferentes
à própria imagem e felizes com a ira dos inimigos do povo;

Bem-aventurados os que governam em equipe e fazem da política
um grande mutirão democrático;

Bem-aventurados os que governam deixando-se governar pela população,
inabaláveis diante das pressões dos oligopólios e das corporações da ganância;

Bem-aventurados os que governam em favor da vida,
coibindo violências e reduzindo desigualdades;

Bem-aventurados os que governam impregnados dos princípios
evangélicos, boca e atos num único beijo.

Bem-aventurados os que governam em prol dos direitos humanos,
destituídos da lógica perversa que traz o dinheiro público num cofre
cujo segredo os pobres jamais descobrem;

Bem-aventurados os que governam sem apego ao poder, fazendo da própria vida
sacramento do serviço ao próximo, sobretudo aos mais necessitados.

Eis que eles estarão salvos, nesta vida, do purgatório dos medíocres, do inferno dos corruptos e do céu daqueles que cobrem de louvores os assassinos do povo."


E eu digo, em alto e bom som: AMÉM! Tomara que assim seja!

12 comentários:

  1. Hum, Frei Beto é sempre bom, ainda mais na semana que antecede as eleições.
    Beijo,
    Irma

    ResponderExcluir
  2. Olá Gilmar, como vai? Você sempre semeando sabedoria, sempre. Parabéns pelo oportuno post. Lembrei de Machiavel... " Cap. XIX". O que o Príncipe deve evitar: "tirar do homem bens e honras".
    Um beijo fraternal

    E.T. Gilmar, quero dizer a você que sou muuuito agradecida por sua solidariedade ao meu momento triste e por suas oportunas e carinhosas palavras. Foi muito bom conhecer você aqui.Muito. Obrigada mesmo
    Meu carinho a você.
    Lau

    ResponderExcluir
  3. Gilmar.
    Linda postagem esta tua.
    Que assim seja.

    Obrigada pelas palavras deixadas em meu recanto.
    Ser brega é não saber apreciar o canto, a musicalidade do romantico, por não saber amar...

    Lindo dia pra ti meu amigo

    Bjs

    Livinha

    ResponderExcluir
  4. Oi, Gilmar
    Felizes os que praticam a Justiça porque eles herdarão o Reino dos Céus...
    Gosto muito desse texto do Frei Beto.
    Abraços fraternos

    ResponderExcluir
  5. Amém mesmo meu amigo. Estamos próximos de um momento importante e definiremos o andar dos próximos anos. Que nossos governantes sejam menos ganaciosos e precocupem-se de fato com nosso País.
    Um beijo

    ResponderExcluir
  6. Pois é meu caro amigo Gilmar, texto realista, que todos os candidatos deveriam ler. Também concordo: Tomara que assim seja! Para o bem de todos.
    Paz e harmonia em seus dias.

    forte abraço

    C@urosa

    ResponderExcluir
  7. Tenho a impressão de que cada dia que passa estamos nas mãos dos desventurados. Apesar da alegria que sentimos ao ler, algo tão belo e talvez tão utópico, parece que ninguém mais liga para isso.
    Entretanto essa opinião não modifica a oportunidade de sua escolha, pela qual agradeço. Felicidades.

    ResponderExcluir
  8. Querido amigo, tenhamos fé que mais e mais destes bons homens e mulheres virão a nos governar.
    Beijos...
    Valéria

    ResponderExcluir
  9. Amém, Amém e Amém!!

    Que assim realmente seja...

    []s

    ResponderExcluir

Fique à vontade!
Os comentários têm a função precípua de precipitar a maturação da reflexão, do texto “apossado”. É um ponto de partida, sem o ponto de chegada. É o exercício da empatia no rompimento do isolacionismo, posto que, tudo está conectado. É a sua fala complementando a minha. Por isso mesmo fique à vontade para o diálogo: comentar, concordar, discordar, acordar...

Imagens dos Caminhos