segunda-feira, 27 de setembro de 2010

"Dedique uma canção a quem você ama!"


Há diversas músicas que marcaram situações e momentos vividos, entretanto, não me lembro de nenhuma que seja assim decisivamente marcante, pelo menos as confessáveis!

Então, trago uma situação que me emociona até hoje e que diz respeito ao meu filho Lucas e a mãe. Ele tinha 5 anos e a escola de Educação Infantil, que frequentava, decidiu fazer uma homenagem às mães, com uma missa.  Num determinado momento da celebração, as crianças juntaram-se no altar e cantaram a música “Velha Infância”, dos Tribalistas.

O fato é que a emoção foi tão intensa e tão forte, que marcou para sempre. A mãe não se conteve e chorou copiosamente. O filho, ao ver a mãe chorar, continuou a cantar, com lágrimas também descendo à face. Depois da música se abraçaram demoradamente. E, a partir daquele momento, por vontade espontânea de ambos, aquela música ficou eternizada como sendo a música dos dois. E até hoje, onde quer que ouçam “Velha Infância”, um dos dois logo  procura o olhar do outro e verbalizam: “olha a nossa música!”.

E eu entendo o tamanho do amor que anunciam!

Velha Infância

Tribalistas

Composição: Arnaldo Antunes/ Carlinhos Brown/ Marisa Monte


Você é assim
Um sonho pra mim
E quando eu não te vejo
Eu penso em você
Desde o amanhecer
Até quando eu me deito...
Eu gosto de você
E gosto de ficar com você
Meu riso é tão feliz contigo
O meu melhor amigo
É o meu amor...
E a gente canta
E a gente dança
E a gente não se cansa
De ser criança
A gente brinca
Na nossa velha infância...
Seus olhos meu clarão
Me guiam dentro da escuridão
Seus pés me abrem o caminho
Eu sigo e nunca me sinto só...
Você é assim
Um sonho pra mim
Quero te encher de beijos
Eu penso em você
Desde o amanhecer
Até quando eu me deito...
Eu gosto de você
E gosto de ficar com você
Meu riso é tão feliz contigo
O meu melhor amigo
É o meu amor...
E a gente canta
E a gente dança
E a gente não se cansa
De ser criança
A gente brinca
Na nossa velha infância...
Seus olhos meu clarão
Me guiam dentro da escuridão
Seus pés me abrem o caminho
Eu sigo e nunca me sinto só...
Você é assim
Um sonho pra mim
Você é assim...
Você é assim...
Você é assim...
Você é assim
Um sonho pra mim
E quando eu não te vejo
Penso em você
Desde o amanhecer
Até quando me deito
Eu gosto de você
Eu gosto de ficar com você
Meu riso é tão feliz contigo
O meu melhor amigo
É o meu amor.



Esta postagem faz parte da
Blogagem Coletiva proposta pelo Espaço Aberto
cuja temática é "dedique uma canção a quem você ama!".

25 comentários:

  1. Gilmar, que linda a história que você compartilhou conosco. Imagino como o momento deve ter sido emocionante e que barato que eles tem uma música apenas deles.
    Parabéns!
    Um beijo

    ResponderExcluir
  2. Gilmar
    Que história tão linda que contastes. Como é bom a cada momento conhecermos um pouquinho mais de sua família e desse carinho e amor que nos compartlha.
    Sublime participação.

    Estou participando também e comemorando meus 34 anos de casada.Foi muito bom poder usar essa Blogagem para dedicar uma música a quem você ama.

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Gilmar,

    Muito bonita sua história, a música é ótima.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  4. Ah, que linda música! Não poderia ter escolhido melhor...
    E o fato narrado entre mãe e filho é emocionante mesmo,
    São momentos assim que ficam eternizados na memória, jamais esquecidos..

    Bjs!

    ResponderExcluir
  5. Gilmar, peço licença para adeentrar no teu recinto, vim através do blog da ValériaC e diga de ante-mão que gostei muito. A música é uma obra maravilhosa, tanto em letra quanto em melodia. Parabéns pelo blog!

    Quando puder, tome um café comigo.

    http://mais-um-cafe.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Olá, Gilmar
    Estou encantada!!!
    Sua história muito comovente e me reportou a um amigo querido que me descreveu a sua emoção ao ver o filho pela primeira vez...
    Lindo demais como os pais também podem se extasiar com a paternidade...
    Quanto à música, que escolha mais do que feiz!!!
    Tipo de música que aprecio ouvir um tempão... o dia todo, se puder...
    Recorto para guardar,com carinho, da sua postagem e dessa Blogagem:

    "E quando eu não te vejo
    Eu penso em você...E gosto de ficar com você...Meu riso é tão feliz contigo...O meu melhor amigo...É o meu amor...seus olhos meu clarão...Me guiam dentro da escuridão...Eu sigo e nunca me sinto só...Eu penso em você...Desde o amanhecer...Até quando eu me deito...Eu penso em você...Eu gosto de você...Você é assim...Um sonho pra mim"...

    Me permite chorar???
    Abraços fraternos

    ResponderExcluir
  7. Olá Gilmar,
    Que música! Foi a escolha perfeita!!
    E a história é comovente..., muito bem escrita. Parabéns!! Bjssssssssss

    ResponderExcluir
  8. Amigo Gilmar, adorei a sua escolha, pois a minha filha de nove anos decorou esta música para cantar para mim. Meu Deus esta blogagem coletiva tá mexendo comigo, o Wilson (Bom, Ruim, Assim Assim) me remteu a minha mãe e vc a minha filha. Isso aqui tá bom demais. Um abraço carinho e afetuoso em vc e toda a família.

    ResponderExcluir
  9. LINDA E BELA PARTICIPAÇÃO. DECLARAR O NOSSO AMOR É DAR A NOSSA GRANDE PROVA DE AMOR..
    Dedicar a musica alaguém é demonstrar um gesto muito especial de amor para quem amamos.
    O amor nos enaltece.. Nos glorifica e nos fortalece.

    Já fiz a minha música super especial a quem ama. Deixo o convite para vir conferir. acho que é um momento bem especial. http://sandrarandrade7.blogspot.com/
    carinhosamente,
    Sandra

    ResponderExcluir
  10. A música nos une e nos torna verdadeiro. Amei no post.

    ResponderExcluir
  11. Sempre bom vir aqui Gilmar...

    Nessa blogagem o amor se traduziu de tantas formas belas e surpreendentes que ficaria difícil escolher qual seria a melhor. Mas uma coisa é certa... o amor é uma experiência única! E não há amor tão singular quanto o de mãe e filho!

    Mesmo sendo adultos, quando estamos junto de nossa mãe... "a gente não se cansa de ser criança"!

    Um grande abraço e obrigada por estar conosco mais uma vez!

    ResponderExcluir
  12. Meu querido amigo
    Estou voltando e estou melhor.
    Obrigada pelo carinho das palavras que me deixou e pela amizade que me aquece a alma e o coração.

    Beijinhos com carinho
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  13. Muito especial sua escolha, a musica e a historia fizeram um par perfeito e comovente.
    beijos

    ResponderExcluir
  14. Assim eu choro...

    A vida com os pequenos tem dessas surpresas. A mulher, depois de mãe, reaprende a chorar, é tanto treino... rs, rs.

    Bjs,
    Michelle

    ResponderExcluir
  15. Bom dia, Gilmar!

    Pôxa, que gracinha de história!
    Garanto que esse momento permanece mágico até hoje entre os dois e, quando ouvem a música, o revivem com muita alegria.
    Gostei muito!

    Linda semana pra vc.

    Beijo grande e muito obrigada por sempre participar com a gente!

    ResponderExcluir
  16. Meu querido, plena de sensibilidade e amor sua participação nesta Blogagem...a música é realmente comovente...linda demais...
    Meu desejo que sua semana seja abençoada...beijos...
    Valéria

    ResponderExcluir
  17. Amigo Gilmar!
    A música tem essa caracteristica de aproximar as pessoas e deixar marcas. A sua história é fabulosa e prova a força da música. Não há coração que não amoleça perante o toque da melodia.
    Abraço luso

    ResponderExcluir
  18. Oi Gilmar, a bobona aqui, emotiva por demais, chorou ao ler sua postagem.
    Não com essa melodia, mas como já chorei com homenagem feita por meus filhos ao cantarem melodias, na escola, na igreja...isso é algo de muito lindo.
    Parabéns por tão bela participação, emocionante por demais.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  19. Belas palavras e ótima escolha na música.

    Um abraço!!

    ResponderExcluir
  20. CINCO ESTRELAS***** AMEI DE VERDADE TENHO QUE VIR VISITAR NOVAMENTE,POIS SOU VOLUNTÁRIA E O DEVER CHAMA-ME,AMEI DEMAIS ESTE CANTO, UM GRANDE ABRAÇO E PARABÉNS

    ResponderExcluir
  21. Gilmar,muito comovente sua história!Uma linda musica permeando uma relação cheia de amor!Bjs,

    ResponderExcluir
  22. Gilmar,

    Com certeza esse é um momento só deles, que ficará eternizado entre os dois. Aliás, entre vcs 3.
    E que haja ainda muitos momentos tão preciosos como esse.

    Linda história!

    Obrigado pela sua participação.

    Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  23. Muito obrigadapor sua visita.
    Esta música é realmente emocionante.
    Parabéns!!!

    ResponderExcluir
  24. Oi querido amigo Gilmar, ainda não peguei seu presente, o selo, porque não sei como fazer isso. E ainda passei por aqui para dizer que estou com saudade dos seus sempre brilhantes comentários no meu blog e deixar meu abraço!

    ResponderExcluir
  25. Você esteve conosco em nossa postagem coletiva. E o som de seu coração foi ouvido.
    Obrigada por sua participação!
    Um abraço carinhoso

    ResponderExcluir

Fique à vontade!
Os comentários têm a função precípua de precipitar a maturação da reflexão, do texto “apossado”. É um ponto de partida, sem o ponto de chegada. É o exercício da empatia no rompimento do isolacionismo, posto que, tudo está conectado. É a sua fala complementando a minha. Por isso mesmo fique à vontade para o diálogo: comentar, concordar, discordar, acordar...

Imagens dos Caminhos