quinta-feira, 20 de julho de 2017

A Paz Perfeita


Metáfora
Havia um rei que ofereceu um grande prêmio ao artista que fosse capaz de captar numa pintura a paz perfeita. Foram muitos os artistas que tentaram. O rei observou e admirou todas as pinturas, mas houve apenas duas de que ele realmente gostou e teve que escolher entre ambas.


A primeira era um lago muito tranquilo. Este lago era um espelho perfeito onde se refletiam umas plácidas montanhas que o rodeavam. Sobre elas encontrava-se um céu muito azul com tênue nuvens brancas. Todos os que olharam para esta pintura pensaram que ela refletia a paz perfeita. 


A segunda pintura também tinha montanhas. Mas estas eram escabrosas e estavam despidas de vegetação. Sobre elas havia um céu tempestuoso do qual se precipitava um forte aguaceiro com faíscas e trovões. Montanha abaixo parecia retumbar uma espumosa torrente de água. Tudo isto se revelava nada pacífico. 


Mas, quando o rei observou mais atentamente, reparou que atrás da cascata havia um arbusto crescendo de uma fenda na rocha. Neste arbusto encontrava-se um ninho. Ali, no meio do ruído da violenta camada de água, estava um passarinho placidamente sentado no seu ninho. Paz perfeita.


Qual pensas que foi a pintura ganhadora? O rei escolheu a segunda. Sabes por quê?

"Porque", explicou o rei, "paz não significa estar num lugar sem ruídos, sem problemas, sem trabalho árduo ou sem dor."


"Paz significa que, apesar de se estar no meio de tudo isso, permanecemos calmos e inteiros no nosso coração. Este é o verdadeiro significado da paz".

sexta-feira, 14 de julho de 2017

Mulher Ideal x Homem Ideal


Humor
COMO ESCOLHER A MULHER IDEAL
É fácil! Basta compará-la a um automóvel .

1) Verifique o design. Deve ter bom porta-malas. Embora alguns prefiram, evite o modelo 'perua'.
2) Verifique o ano.
3) Observe o estado de conservação da lataria.
4) É boa de curvas?
5) É macia?
6) Possui 'air bag' duplo frontal de bom volume?
7) É econômica?
8) Faz pouco barulho?
9) Esquenta rápido?
10) Leve-a para um 'test drive'.
Se a mulher passou em todos esses testes, lembre-se: por precaução, faça um 'leasing', porque, nesse meio tempo, pode surgir um modelo melhor e mais novo.

Bem, sem revanche não tem graça... Então...

COMO ESCOLHER O HOMEM IDEAL
Para saber se um homem é ideal, compare-o, também, a um automóvel.

1) Verifique o interior. Não se iluda com o design.
2) Verifique o ano. Os muito novos ainda precisam ser amaciados. Os muito rodados, além de pegarem os vícios de donas anteriores, costumam dar muito problema mecânico.
3) Ele é estável? Ou balança quando depara com qualquer curva?
4) Obedece ao comando com facilidade? Ele é ágil ou demora a responder?
5) É muito importante verificar a alavanca de câmbio. Deve ser de agradável manipulação. Faça o teste. Engata com facilidade ou costuma emperrar?
6) Fuja do que é movido a álcool.
7) Evite os muito barulhentos ou que emitam ruídos desagradáveis, como roncos e escapamentos desregulados.
8) O motor mantém temperatura constante? Ou é daquele tipo que esquenta rapidinho, percorre pequena distância e 'morre' logo em seguida?
(hahahahahahahaha...!!! Essa é a melhor!!!)
9) Ou o que é pior....  De manhã nem com o afogador puxado???????
10) Leve-o para um 'test drive'.
Se o homem passou em todos esses testes e lhe agrada, lembre-se: antes de adquirir, faça um contrato de locação e use-o por um ou dois meses. Nesse período, você ainda pode ter surpresas desagradáveis... Ainda dará tempo para troca por defeitos... Não se esqueça: teste antes!

quinta-feira, 6 de julho de 2017

Educação: o voo da águia

Outros Autores

Educar é desaprender

as regras da subjugação

reaprender pensar e sentir

rompendo a educastração

na percepção crítico-criadora

da pedagogia da transgressão.



Rimando Logos com Eros

nos repertórios da educação

conjugando corpo e mente

nos processos de criação

tocamos a busca da inteireza

na alquimia da transmutação.



A sala de aula deve ser

um espaço de celebração

onde os ritos de passagem

vão marcando cada lição

com o vigor da selva da vida

em seus ciclos de renovação.



Primando pela busca do ser

em que o humano é primordial

e o ter, um meio, instrumento

caminho que leva ao essencial

cuidando dos valores fundos

que lapidam nosso ser primal.



A educação é uma travessia

que conduz a novos lugares

nos desafios e investigações

que abrem novos caminhares

expandindo as consciências

na pluralidade dos olhares.



A verdadeira educação

nos mobiliza como espanto

da vertigem das novidades

suscita admiração, portanto

emergindo o extraordinário

que às buscas dá encanto.



As teias da educação

são tecidas coletivamente

onde educando e educador

as bordam conjuntamente

numa dialogia criadora

de relação interdependente.



A educação deve ser nutrida

Com o néctar do amoroso

Na fibra da ação da coragem

No âmago do coração fogoso

Em que o mistério da sedução

Conduz ao humano prazeroso.



A preciosa ação educativa

tem o propósito primordial

de buscar sentidos profundos

do nosso ser mais transversal

levando ao autoconhecimento

convergência do corpo mental.


Miguel Almir L. de Araújo. Revista Dois Pontos, nº 43, Julho/agosto de 1999, V. 5, P.13 - Reflexões.


Imagens dos Caminhos