terça-feira, 24 de agosto de 2010

Minha Maneira


Dentre as tantas traduções, gosto desta! Meu jeito e minha maneira, embora sejam permitidas ambas as traduções, a palavra "maneira" é metaforicamente mais completa. Permite mais! E a música é mesmo muito especial! Fala muito!


E agora o fim está próximo,
Então eu encaro a última cortina.
Meu amigo, vou dizer claramente,
Vou expor minha situação
Da qual eu tenho certeza
Eu vivi uma vida que está completa,
Eu viajei por cada uma e em todas as estradas.
E mais, muito mais do que isso,
Eu fiz da minha maneira...

Remorsos, tive uns poucos.
Mas, por outro lado, poucos demais para mencionar.
Eu fiz o que tinha de fazer
E perserverei até o fim, sem exceção.
Eu planejei cada percurso delineado,
Eu planejei cada passo
Cada passo cuidadoso ao longo do caminho.
E mais, muito mais do que isso,
Eu fiz da minha maneira...

Sim, houve ocasiões,
Tenho certeza que você soube
Quando mordi mais do que podia mastigar.
Mas, em meio a tudo,
Quando havia incerteza,
Eu engolia e cuspia fora.
Eu enfrentei tudo e me mantive em pé,
Eu fiz da minha maneira...

Eu amei, eu ri e chorei.
Tive minha parte, minha porção de perdas.
E agora, à medida que as lágrimas diminuem,
Eu acho tudo isso tão divertido.
Ao pensar que fiz aquilo tudo,
E posso dizer? –não de uma maneira tímida...
Oh não, oh não, não eu,
Eu fiz da minha maneira...

Pois, o que é um homem,
O que ele possui?
Se não for a si mesmo,
Então ele não tem nada.
Para dizer as coisas
Que ele sente sinceramente
E não as palavras
De alguém que se ajoelha.
O registro mostra:
Eu suportei os golpes,
E eu fiz da minha maneira...
Sim, eu fiz da minha maneira.

My Way
Composição: Claude François / Jacques Revaux / Paul Anka
Interpretação: Frank Sinatra 


12 comentários:

  1. A voz de Frank Sinatra deu "rosto" à My Way.
    Conheço e adoro esta música, mas nunca tinha parado para analisar a letra.
    Quem nos dera chegássemos ao final da vida e pudéssemos dizer que vivemos uma vida que está completa. Sem ufanias ou remorsos. Apenas bem vividos, à nossa maneira.
    Bela postagem, amigo!
    Uma linda semana.

    ResponderExcluir
  2. Gilmar, sem dúvida, é uma música linda com uma letra igualmente bonita. A vida com suas alegrias e dores a mostra, mas com a certeza de que cada caminho percorrido valeu a pena. Que todos nós, um dia, lá na frente possamos olhar o filme de nossas vidas e termos a ceretza de que tudo, na exata medida, valeu a pena, pois fizemos da nossa maneira.
    Um beijo

    ResponderExcluir
  3. Gilmar, meu "Oneman Show"! Ao ler, lá em minha página, o título do seu post, imediatamente pensei nessa música. Imagina minha satisfação ao entrar aqui e encontrá-la, ainda por cima, traduzida.
    O que me levou a pensar, que nunca é tarde para encontrarmos a nossa maneira de encararmos a vida. O fim? Pode ser toda a noite, todo bater de pestanas, pode ser metafórico - o que importa?
    Alguns desgostos? sim os teremos. Arrependimentos? Negaremos com veemência, não é bem visto, como se sempre tivéssemos que acertar, mas, definitivamente, também os teremos.
    E alegria? Com sorte, teremos muita, abundante. E, algumas lágrimas também, às vezes, de tristeza.
    O que quero dizer é que à nossa maneira perseguiremos a vida, numa corrida incessante, visto que se pararmos, a mesma cessa de existir.
    Como cantava o blue eyes "I did it MY WAY..."
    Um beijo dessa sua eterna admiradora, Deia
    PS: A explicação e o desafio do Poetrix já estão lá no Rumo. Segui à risca suas orientações, mestre, espero que goste!

    ResponderExcluir
  4. Adoro essa canção...linda demais Gilmar. Olha só que bom gosto em?!rs...Adorei!
    Obrigado por sua visitas maravilhosas e comentários deliciosos.
    Bjs
    Mila

    ResponderExcluir
  5. Querido Gilmar...que bom gosto o seu amigo...belíssima música e tradução...ótima pra quem chegou da agitação da rua como eu...e relaxar...não dá vontade de ir embora rsrs....mas tenho que visitar mais amigos...adorei...beijos...
    Valéria

    ResponderExcluir
  6. Olá amigo!!! Deu tudo certo? Parabéns pela postagem, bjs

    ResponderExcluir
  7. OLA MEU QUERIDO AMIGO,

    AMO A SUA PRESENÇA. VENHO LHE PEDIR UM PONTINHO NA INTERAÇÃO DE AMIGOS.
    http://sandrarandrade7.blogspot.com.
    Só que o comentário deverá ser realizado lá na Adeia de Minha Vida conforme o endereço abaixo.
    Qualquer duvida é só ir na interação de Amigos e ver o link. Mas deixo aqui também.
    Desde já agradeço o seu carinho. Pois gostaria muito de ganhar o livro lá de Portugal. sempre participo das coletivas de lá.
    Blog Coletivo-Uma Interação de Amigos- COLETIVAS-COMPARTILHE. TEM -TURISMO RURAL-CONHEÇA UM POUQUINHO DESSE LUGAR ..VOU TE ESPERAR POR LÁ.
    CLIQUE E COMENTE...CADA COMENTÁRIO VALE TRÊS PONTOS. MAS TEM QUE SER LÁ NA ALDEIA DE MINHA VIDA.
    .http://aldeiadaminhavida.blogspot.com/2010/08/momentos-especiais-em-turismo-rural.html#comment-form
    VENHA SABOREAR AS DELICIAS DESSA POSTAGEM. DESCANSE NESTE RECANTO RURAL. SUPER MARAVILHOSO.
    Conto com o seu carinho em comentar. Desde já agradeço do fundo do meu coração.
    Carinhosamente,
    Sandra

    ResponderExcluir
  8. Olá, Gilmar
    Fazer o que se tem que fazer... viver o presente... planejar... perseverar... FICAR DE PÉ...
    Nossa!!! Quanta dignidade!!!
    A música é uma das minhas preferidas pra cantar em nosso Coral... linda demais!
    Boa luta e muitas vitórias pra vc!
    ...À sua "maneira"...
    Abraços fraternais

    ResponderExcluir
  9. O que possui um homem se não for ele mesmo?Nada.
    Realmente!
    Ótima essa música.
    Obrigada pelo selinho, já peguei e até o final dessa semana irei postar no meu blog.
    :*

    ResponderExcluir
  10. Gilmar,
    Meu pai não me deixou muitas lembranças boas, mas, seu gosto musical sempre foi excelente. Frank Sinatra sempre foi muito tocado em minha infância e adolescencia...
    No entanto que quando me casei pela primeira vez, aos 19 anos, escolhi esta música para que o noivo entrasse com sua mãe na igreja, porém não sei porque nunca fui ler a tradução.
    Não sabia que era tão linda!
    Bom de ler...Muito bem lembrado!
    Abraços,

    ResponderExcluir
  11. Adoro essa música! E com ELE mesmo. Acho que é pela emoção que transborda de Sinatra quando ele a canta. Mas confesso a vc que ainda não tinha reparado de verdade na letra. E aí sim gostei ainda mais. Obrigada por aprofundar meu olhar.

    Bjos!

    ResponderExcluir
  12. Essa é uma das músicas de Sinatra que mais gosto.
    Ótimo momento.
    Beijos.

    ResponderExcluir

Fique à vontade!
Os comentários têm a função precípua de precipitar a maturação da reflexão, do texto “apossado”. É um ponto de partida, sem o ponto de chegada. É o exercício da empatia no rompimento do isolacionismo, posto que, tudo está conectado. É a sua fala complementando a minha. Por isso mesmo fique à vontade para o diálogo: comentar, concordar, discordar, acordar...

Imagens dos Caminhos