quarta-feira, 22 de junho de 2011

Tempo de Refazimento!

"Lugar de refazimento"
SILÊNCIOS E PALAVRAS!

Não diga as coisas com pressa. Mais vale um silêncio certo que uma palavra errada. Demora naquilo que você precisa dizer. Livre-se da pressa de querer dar ordens ao mundo. É mais fácil a gente se arrepender de uma palavra que de um silêncio.

Palavra errada, na hora errada, pode se transformar em ferida naquele que disse, e também naquele que ouviu. Em muitos momentos da vida o silêncio é a resposta mais sábia que podemos dar a alguém.

Por isso, prepara bem a palavra que será dita. Palavras apressadas não combinam com sabedoria. Os sábios preferem o silêncio. E nos seus poucos dizeres está condensada uma fonte inesgotável de sabedoria.

Não caia na tentação do discurso banal, da explicação simplória. Queira a profundidade da fala que nos pede calma. Calma para dizer, calma para ouvir.

Hoje, neste tempo de palavras muitas, queiramos a beleza dos silêncios poucos.


http://pensador.uol.com.br/autor/pe_fabio_de_melo/




Escolhi este texto, do Padre Fábio de Melo (segundo o Pensador Uol)  e o poema a seguir (cujo autor não tenho certeza, se Neruda, Massolar ou outro) para dizer um “Até Breve”! Preciso de um tempo de refazimento, pois não estou conseguindo comentar nos blogs. Blogar exige reciprocidade, sem o que, perde o sentido. Eu faço absoluta questão de visitar e comentar nos blogs e, quando o “tempo” não permite, abre-se uma lacuna irreparável. 


Assim, aproveito para antecipar as férias, revisar alguns passos, repensar estradas, redesenhar horizontes e, com certeza, revigorar o espírito “aventureiro” para os grandes encontros...


Em breve tempo retorno, e então espero reencontrar cada uma e cada um dos caminhantes que partilham o “Caminhar & Ruminar”... Cada passo partilhado tem significados que transcendem a existência deste caminheiro. 


Está valendo! Até breve!


O tempo resolveu dar um tempo de si mesmo...
Pobre coitado do tempo... Perdeu tempo!
O tempo ficou sem tempo para mais nada.

O tempo não desconfiava que
sem tempo não há tempo para a esperança,
que precisa de tempo para esperar.

O tempo, sem tempo ficou até que resolveu, em tempo,
dar um tempo ao que mais precisava de tempo:
ele mesmo, o tempo.

Quem vive sem tempo, como viveu o tempo sem tempo,
Igualmente vai perder tempo se não tiver tempo para esperar.
O tempo não pode viver sem tempo.

O tempo é senhor dos sonhos e acompanhante das esperas.
O tempo tudo cura, até a falta de tempo que não tenha mais cura.
O tempo vira tempo a tempo e a fora de tempo.

Há tempo para todas as coisas!
Há tempo para quem não quer perder tempo!
Há tempo para quem quer dar tempo!

Com tempo ou sem tempo, mas a tempo,
encontre tempo para devolvê-lo ao tempo.
Meu tempo acabou. Obrigado por seu tempo!
http://pensador.uol.com.br/autor/pablo_massolar/

20 comentários:

  1. Boas Férias! Recarregue as baterias, amigo. E volte logo. Bjssssssss

    ResponderExcluir
  2. Dá-se ao tempo o tempo que requer o tempo do descanso, que haja tempo para ti caminhante Gilmar e qdo voltar tenha tempo para si e para compartilhar com todos os seus. Um abraço fraterno.

    ResponderExcluir
  3. Gilmar,

    Chega um momento que a vida nos cobra essa pausa. Assim como precisamos de alimento pro corpo precisamos de tempo para a alma. É assim que essa mudez temporária nos permite que ouçamos a voz que vem de dentro para redirecionarmos o rumo da caminhada.

    Um grande abraço e que o tempo juntamente com o silêncio sejam teus grandes aliados neste momento.

    Deus seja contigo

    ResponderExcluir
  4. Complicado esse negócio de "tempo".
    Acho que vc tomou a atitude mais acertada. E como disse o Pe. Fábio, "é mais fácil a gente se arrepender de uma palavra do que de um silêncio". O refazimento também é necessário de tempos em tempos. A alma se esgota, o corpo se cansa, a mente transborda! É hora de parar, tomar alguma distância e refazer-se pois só podemos dar aos outros daquilo que temos.

    Eu também estive afastada mas agora espero estar voltando em plena forma. Aproveite as férias, recarregue as "baterias" e volte para a nossa blogosfera.
    Beijokas e espero vc no chocolate.

    ResponderExcluir
  5. Maravilhoso o poema do Pe Fábio, demonstra exatamente como em muitos casos o melhor é se calar para não proferir palavras ferinas.
    Quanto a sua quentão do tempo, acho certo a sua posição. Quando notamos que estamos utilizando mais do que as 24 horas que o dia nos permite, é porque precisamos dar um break, parar e refletir. Para que assim possamos retomar nossos trbalhos da melhor maneira possível. Boa sorte e que o tempo ajude você na sua caminhada!

    ResponderExcluir
  6. Gilmar, faço das palavras do Wilson, as minhas.

    Houve um período que também precisei dar um tempo para assimilar e reestruturar algumas coisas. É difícil tomar essa decisão mas ela é necessária sim. O depois com certeza valerá a pausa.

    Beijos, querido!

    A paz esteja contigo

    ResponderExcluir
  7. Hey, Gilmar!

    Todos precisamos dar uma pausa nas coisas para respirar, repensar e refazer.
    Que sua pausa lhe faça muito bem e que vc retorne cheio de energia!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. As pausas fazem bem e aconselham-se. Eu própria estou lentamente a regressar de uma longa pausa, mas voltei. E como não podia deixar de ser fiquei encantada e completamente arrebatada pelos magníficos textos do seu post. Obrigada por me dá-los a conhecer.

    Beijinhos doces e até breve, Ava.

    ResponderExcluir
  9. Amigo Gilmar: linda escolha desse texto e lindo poema adorei esse tempo do tempo.
    Um abraço Santa Cruz

    ResponderExcluir
  10. Oi Gilmar
    É pena ficar sem voce por aqui mas desejo que tenha seu tempo e se refaça o suficiente pra voltar tranquilo sem compromisso com os comentários.
    Eles precisam surgir bem levemente senao torna-se enfadonho e creio sim ,no que voce diz blogar é cumplicidade, reciprocidade .
    Ficamos focados em quem comparece para nos ler e aí se nao vamos nao temos o retorno que queremos ,
    Afinal escrevemos ,postamos pra sermos vistos quase sempre.
    Dizer que não ,é enganoso.
    Só que isso nao pode representar tudo, é parte, temos que nos policiar e tornar tudo bem prazeroso.
    Gosto de vir ver voce, nem sempre tenho tempo.
    deixo um grande abraço e te espero.
    fique bem amigo

    ResponderExcluir
  11. Gilmar, meu amigos, acredito que todos nesse espaço passampor essas questões. Queremos postar, ma queremos visitar aqueles que são tão carinhosos com nosso espaço, porém nos falta tempo. A vida real, as tarefas reais gritam por nós.
    Vivi o mesmo dilema e nos final da contas vou fazendo meus posts, pois gosto muito e se possível farei as visitas. Tudo no meu tempo.
    Aproveite as férias.
    Um grande beijo

    ResponderExcluir
  12. Que sua pausa seja de reflexão e de recarregar energias e de ouvir a voz interna.
    Volte quando puder.
    Beijo!

    ResponderExcluir
  13. Oi...

    Ainda não voltou... espero que isso seja bom, que vc estja bem.
    Torcendo por vc.
    Beijokas.

    ResponderExcluir
  14. Bom dia!

    Nosso antigo blog – Nuestro Cielo – infelizmente foi invadido e completamente excluído, o que nos obrigou a criar outro novamente.
    Pedimos desculpas pela confusão. 
    Aqui está o link do novo blog:

    http://nuestrociello.blogspot.com

    Esperamos poder nos encontrar por lá novamente.

    Beijos carinhosos!

    Wilson e Sanzinha

    ResponderExcluir
  15. Olá,Gilmar!
    Absolutamente encantada com teu blog!
    Espero que voltes logo,nos brindando com tuas postangens.
    Enquanto isso,sigo garimpando por aqui.
    Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  16. Vim saber se voltou, se o meu leitor de feed não estaria me enganando. Torcendo para que se refaça logo! ;) Beijus,

    ResponderExcluir
  17. Gilmar, emu amigo, vim em busca de notícias suas.
    Espero que esteja tudo bem.
    Beijos

    ResponderExcluir
  18. Parabéns blog muito bom, recomendo a todos, aproveite e divulgue ele aqui grátis em nossa Rede Social Mural de Caldas! http://www.muraldecaldas.com.br

    ResponderExcluir
  19. OLÁ,
    Que o seu Novo Ano seja repleto de realizações e bênçãos!!!
    Um Novo Olhar sobre todos os segmentos da sua vida e em todos os níveis do seu viver...
    Novas alegrias e nova paz de espírito...
    Novos horizontes a alcançar...
    Novos ações, novas intenções e novas operações...
    Viva 2012 que chega pra ficar e nos renovar!!!
    Seja muito abençoado e feliz!!!
    Abraço fraterno e festivo

    ResponderExcluir
  20. O tempo deu-se um tempo, mas a saudade pede a presença.
    beijos

    ResponderExcluir

Fique à vontade!
Os comentários têm a função precípua de precipitar a maturação da reflexão, do texto “apossado”. É um ponto de partida, sem o ponto de chegada. É o exercício da empatia no rompimento do isolacionismo, posto que, tudo está conectado. É a sua fala complementando a minha. Por isso mesmo fique à vontade para o diálogo: comentar, concordar, discordar, acordar...

Imagens dos Caminhos