quarta-feira, 18 de março de 2015

O Verdadeiro Educador


Outros Autores

O professor apenas instrui, o educador simplesmente educa.

O professor indica a direção, o educador acompanha na jornada.

O professor expõe o conteúdo exigido, o educador explora além do descoberto.

O professor se restringe ao plano de aula, o educador prioriza as necessidades do aluno.

O professor ignora o aluno enquanto indivíduo, o educador valoriza a contribuição pessoal do educando.

O professor corrige, o educador avalia.

O professor unicamente desempenha as obrigações, o educador ultrapassa o cumprimento do dever.

O professor se sente insignificante diante dos problemas educacionais, o educador considera-se responsável pelas soluções.

O professor inspira-se no modismo educacional, o educador transforma-se constantemente, na senda ilimitada do saber.

O professor limita-se em sua emoção, o educador amplia as fronteiras do seu próprio sentimento.

O professor torna-se uma pequena lembrança, o educador é um modelo a ser seguido.

Lúcia Alves

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fique à vontade!
Os comentários têm a função precípua de precipitar a maturação da reflexão, do texto “apossado”. É um ponto de partida, sem o ponto de chegada. É o exercício da empatia no rompimento do isolacionismo, posto que, tudo está conectado. É a sua fala complementando a minha. Por isso mesmo fique à vontade para o diálogo: comentar, concordar, discordar, acordar...

Imagens dos Caminhos