quinta-feira, 29 de outubro de 2015

Dissídio no Coletivo

Humor

Ônibus superlotado, uma mulher volta-se para o passageiro inconveniente:


- O senhor quer fazer o favor de desencostar, afastar essa coisa volumosa que me incomoda.

- A senhora se engana, não é o que está pensando. Este volume é o dinheiro do pagamento que recebi hoje. Enrolei num pacote e botei no bolso esquerdo da calça.

- Ah, então o senhor é um funcionário exemplar!

- Não entendi, senhora.

- É que desde o embarque até aqui, o senhor já teve três aumentos salariais... E já já vai perder todos eles num "tabefe" só!




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fique à vontade!
Os comentários têm a função precípua de precipitar a maturação da reflexão, do texto “apossado”. É um ponto de partida, sem o ponto de chegada. É o exercício da empatia no rompimento do isolacionismo, posto que, tudo está conectado. É a sua fala complementando a minha. Por isso mesmo fique à vontade para o diálogo: comentar, concordar, discordar, acordar...

Imagens dos Caminhos