sábado, 29 de junho de 2013

Depende de você


OUTROS AUTORES

A paz que você reclama e tenta encontrar...
depende de você.

A compreensão que você reivindica a cada passo...
depende de você.

A bondade que você admira nas pessoas e sonha possuir...
depende de você.

O diálogo, base de toda convivência...
depende de você.

A abertura, que é o caminho para a renovação...
depende de você.

A realização que você julga essencial...
depende de você.

O amor que você quer encontrar nos outros...
depende de você.

A organização que você apregoa...
depende de você.


Pondere:
queixar-se ou produzir, atrapalhar ou servir,
desprezar ou valorizar, revoltar-se ou colaborar,
adoecer ou curar-se, rebaixar-se ou elevar-se,
monologar ou dialogar, ensimesmar-se ou abrir-se, 
estacionar ou progredir...
é uma questão de escolha e esta escolha...

DEPENDE DE VOCÊ. 

 Anônimo

Um comentário:

  1. Com certeza Gilmar, o caminho, apesar de estar a nossa frente, ele não está pronto, depende de nós fazê-lo. Abçs e boa semana.

    ResponderExcluir

Fique à vontade!
Os comentários têm a função precípua de precipitar a maturação da reflexão, do texto “apossado”. É um ponto de partida, sem o ponto de chegada. É o exercício da empatia no rompimento do isolacionismo, posto que, tudo está conectado. É a sua fala complementando a minha. Por isso mesmo fique à vontade para o diálogo: comentar, concordar, discordar, acordar...

Imagens dos Caminhos